TOTO, AFRIKKANITHA E TOTY SA’MED em concerto neste sabado no Memorial Agostinho Neto.

15965936_1422769757741390_1965849216513225777_n
21 .01.2017 ….Hoje às 20:00 – 23:00 \ Memorial António Agostinho Neto

 

16178404_1465480996809393_3924768939812732801_o

Toty Sá med
Cantor, compositor e multi-instrumentista nascido em Luanda em 1989. É um dos artistas de culto da Nova Música Angolana. As suas influências vão do Rock Psicadélico ao Jazz, mas tudo se iniciou com a música africana, presença constante desde a sua infância. Aos oito anos de idade, o seu interesse crescente pelos vinis e cassetes VHS de concertos que seus pais colecionavam, levou-os a oferecerem-lhe a primeira guitarra e o primeiro teclado Casio. Não passou muito tempo até que começasse a compor e a produzir instrumentais de rap, kuduro e Kizomba para os amigos, no seu pequeno estúdio caseiro, mas a paixão arrebatadora pelos Sembas da geração Ngola Ritmos e pela Música Popular Brasilera levou-o a abandonar as experimentações musicais e dedicar-se exclusivamente à guitarra.

Afrikkanitha
Nascida em Angola em 1974, a jovem cantora tem um registro jazz sob influencias africanas. Com 5 anos ela é vitima de um acidente que provoca uma atrofia do olho direito e um estrabismo, uma diferencia que vai ser objeto de rejeição na escola e a puxara a se refugiar na musica e na religião. O encontro com o brasileiro Sergio Ricardo em 1991 foi o ponto de partida da sua carreira. Participara de vários grupos de estilos diversos, na Angola, na Africa do Sul e na França e em 2007 lança seu primeiro single: “kebrando o silencio”, seguido pelo álbum “Weza”, misturando ritmos africanos e jazz.

Totó
Cantor, compositor, guitarrista e produtor musical, Toto ST iniciou a sua carreira aos 14 anos participando em trabalhos de artistas consagrados da cena musical angolana como os Kalibradros, Genesis e Yanik Afro Men, entre outros. A sua música e forma muito própria de compor, reflectem-se nas canções criadas para artistas como Perola, Yola Araújo, Selda e Sandra Cordeiro. Completa 20 anos de carreira e hoje falaremos sobre este grande músico angolano. A sua versatilidade e abordagem muito pessoal a um universo que funde afro jazz, funk, blues, soul, R&B e kilapanga, impulsionam a sua presença em prestigiados festivais de jazz e world music.

administrator

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *