Conheça a Consultora de Imagem, Bárbara Mendonça

CONSULTORIA DE IMAGEM – GOSTO E ESTILO DA ARTE DO BEM VESTIR 
 
Bárbara Mendonça é consultora de imagem, formada em Marketing e Comunicação. Nasceu em Benguela e emigrou para Lisboa com apenas 4 anos mas desde sempre teve um a relação próxima com Angola.
Durante a sua vida académica e profissional passou por Londres onde trabalhou vários anos em produção de moda, vitrinismo e foi assistente de loja enquanto concluía o ensino secundário. Como o “bichinho” da moda continuava. Bárbara decidiu  fazer  pós-graduação em Imagem, Protocolo e Organização de Eventos mais parecia ser pouco para os seus objetivos, foi assim que fez uma formação intensiva em Consultoria de Imagem.
Bárbara é casada à 9 anos, e considera-se uma mulher responsável, bem disposta, fiel aos meus propósitos de vida, aos meus objetivos e aos  da sua família.
 
“Sou regida pelo amor, que graças a Deus, é abundante, dado e recebido”, sublinhou. 
AB  – Para si o que é ser consultora de imagem?
Para mim vai muito além da roupa e da moda. A consultoria de imagem tem como principal foco adequar a imagem de cada pessoa ao seu próprio gosto e estilo de vida. É uma ferramenta fundamental para ajudar a aumentar a auto-estima de todos que por qualquer motivo não se sintam bem com  a imagem refletida ao espelho. Serve para pessoas que pretendam aprender a usar a roupa de forma a transmitir a imagem adequada ao seu dia-a-dia ou à sua realidade no trabalho e para pessoas que apenas pretendam mudar de estilo para se renovarem. A consultoria de imagem é uma grande aliada para dias mais práticos, mais tranquilos, mais felizes e cheios de estilo!
AB – Há quanto tempo trabalha como consultora de imagem?
Desde 2011 que trabalho como consultora de Imagem a tempo inteiro.  Já lá vão 7 anos de entrega a um projeto que a cada dia que passa faz mais sentido. Já trabalhei como fashion buyer para a Department Store de Luxo DuCarmo tendo visitado grandes casas da moda em Milão, Paris e Londres como Giorgio Armani, Tom Ford, Salvatore Ferragamo, Balenciaga, Lanvin, Dior e muitas mais. 
Dou formação para empresas que pretendam melhorar ou adequar a imagem das suas equipas e faço pequenos workshops para tentar desmistificar o conceito de que a consultoria de imagem está apenas ligada à moda, ao styling e a celebridades. 
AB – O que lhe dá mais prazer ensinar um grupo de profissionais ou clientes particulares?
O que mais surpreende qualquer cliente ou grupo de formandos é quando desmistifico regras! Não sigo regras e dificilmente irei proibir ou insistir seja com o que for. Algumas regras em consultoria de imagem até fazem sentido, mas aquilo que mais me dá gosto transmitir é que a regra nº 1, a mais importante de todas, que não podemos quebrar: aprendermos a respeitar o nosso próprio gosto. 
AB – Na sua opinião,  a imagem ajuda no bem estar do indivíduo? Como?
Sem dúvida! É tudo o que defendo em Consultoria de Imagem. Dificilmente alguém consegue ter um dia feliz e tranquilo se não estiver bem com a sua imagem. Se por acaso erramos na escolha do look de manhã quando saímos de casa, o mais provável vai passar por um dia cheio de conflitos. Tudo começa com atrasos porque demorámos mais tempo e tentar escolher as peças ideias, o transito vai irritar-nos mais do que o normal, as reuniões não serão tão bem sucedidas, não nos vai apetecer socializar demasiado com os colegas e até com o nosso parceiro o convívio não vai ser fácil. Tudo o que queremos é que o dia acabe depressa. 
 
Ao passo que se nos sentirmos confiantes com a nossa imagem, se a nossa roupa falar por si e transmitir exatamente a mensagem que pretendemos, todo o dia será reflexo dessa auto-confiança! Começamos o dia bem dispostos, as palavras nas reuniões serão certeiras e o convívio com os colegas passa a ser agradável. Voltamos para casa com boa energia e isso ajudará também no ambiente com a família. 
Uma boa imagem e a auto-confiança que ela transmite é fundamental para o bem estar de todos.
AB – O que tem a dizer sobre o estado da consultoria de imagem em Angola?
Acompanho com muito orgulho o trabalho de alguns Stylists que apoiam celebridades e participam em editoriais de moda, produções e trabalhos com a moda mas não conheço consultores de imagem que exerçam em Angola. 
Tenho muitas clientes angolanas, embora viva em Lisboa, considero-me uma consultora de Imagem Angolana também (risos).
AB  – Quem deve preocupar-se em procurar uma consultora de imagem? 
Todos! (risos) Todos nós em alguma fase da nossa vida sentimos que por algum motivo a nossa imagem não está exatamente de acordo com o que queremos transmitir ou não está adequada ao momento que estamos a viver. Nessas fases é fundamental a ajuda de um consultor de imagem. Tudo passa por aumentar a auto-estima e dar a auto-confiança necessária para superar essa fase e seguir em frente. 
AB – Até que ponto é essencial ter um/a consultor/a de imagem?
Para muitos clientes faz sentido por uma questão de auto-estima como expliquei, mas também tenho muitas clientes que me procuram simplesmente por uma questão prática: Não têm tempo para organizar o guarda-roupa, nem para fazer compras, muito menos para compor looks perfeitos para cada situação. Eu trato de tudo  e a cliente pode ficar tranquila, seja porque está de férias e tudo o que quer é aproveitar as esplanadas de Lisboa e as praias do Algarve, mas sair de cá com os looks renovados para a nova estação ou porque o trabalho é intensivo demais, e nada como ter toda a mala pronta com as opções ideias para cada estadia. 
AB – O que não deve faltar em um guarda-roupa?
As peças fundamentais em qualquer guarda-roupa são os básicos para conseguirmos coordenar com peças mais extravagantes. Mas não corram para o google para ver quais são as 5 ou as 10 peças básicas de um guarda-roupa! O que pode ser básico para uns pode não ser para outros. Todos somos diferentes e por isso uma consulta é essencial para fazer uma análise mais concreta de cada um. 
AB – Compartilhe com o nosso público sobre a sua actividade de personal Stylist:
Sempre que atendo uma cliente nova o maior receio que todas têm é sobre a análise que eu possa fazer ao seu estilo, às suas escolhas, ao seu guarda-roupa e se vou deitar tudo fora para comprar tudo de novo! A minha abordagem enquanto consultora de imagem é exatamente o oposto! Sem julgamentos, sem certos ou errados, normalmente eu até escolheria colocar de parte muito menos peças do que as que elas decidem retirar do guarda-roupa. A minha intenção é que as clientes passem a fazer compras assertivas, com conhecimento total das suas necessidades e que saibam utilizar o seu guarda-roupa de forma rentável. O futuro é sustentável, é importante procurarmos formas de deixar de tratar a roupa como sendo descartável. Tendo a consciência do impacto ambiental que o consumismo de fast fashion provoca no mundo, todos nós temos o dever de repensar, reciclar, reutilizar e reinventar sempre que possível.
Texto: Victória Pinto ( Angolan Blogger )
Contactos  Bárbara Mendonça

Lisboa | Portugal

info@barbaramendonca.pt

 Tel: (+351) 963661527

administrator

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *